Inbound Marketing: tudo que você precisa saber

Por artweb_adm

01 nov 2017

Inbound Marketing: tudo que você precisa saber

Inbound Marketing: tudo que você precisa saber

Está buscando estratégias de Marketing Digital para aumentar suas vendas e atingir novos consumidores? A solução que você procura pode ser o Inbound Marketing! Esta estratégia que investe no relacionamento com os consumidores, em vez de, apostar em propagandas e outras interrupções.

Ficou interessado? Então veja só como esse pode ser o recurso que estava faltando para melhorar o seu negócio!

 

Afinal, o que é Inbound Marketing?

O Inbound Marketing ou Marketing de Atração, é um método para atrair clientes, consolidar sua marca no meio digital e aumentar as suas vendas. Esses resultados são obtidos através de uma estratégia diferente da usada no marketing tradicional, que busca chegar até o cliente para então realizar as vendas. No Inbound Marketing é o cliente quem procura a empresa.

Muito mais barata do que as ações de marketing tradicionais, essa estratégia também se mostra bastante efetiva, já que cada ação pode e deve ser direcionada de acordo com o público-alvo e tudo o que é feito pode ser mensurado e analisado.

 

Inbound Marketing: tudo que você precisa saber

 

 

Como funciona o Inbound Marketing

Essa estratégia de Marketing Digital realiza ações para atrair para seu site ou blog clientes em potencial. É feito então um trabalho de relacionamento com esses possíveis clientes através de conteúdos relevantes e personalizados sobre os serviços que seu negócio oferece.

Além de influenciar na decisão de compra de clientes futuros, esse tipo de conteúdo transforma sua empresa em uma referência sobre um assunto específico relacionado ao seu mercado e também educa os consumidores sobre o que sua empresa oferece.

 

As etapas que precisam ser seguidas

Para obter sucesso utilizando o Inbound Marketing é preciso respeitar uma sequência lógica de etapas, que se complementam:

 

Inbound Marketing: tudo que você precisa saber

 

Atrair

Esse primeiro passo é simples de entender: para conseguir vender, é preciso gerar leads (atingir potenciais clientes), e para isso você precisa atrair as pessoas para o seu site. A ideia é criar algo realmente interessante e que chame naturalmente a atenção de possíveis clientes.

A criação de conteúdo de qualidade em blogs ou redes sociais é fundamental. São usadas técnicas de SEO para otimizar os conteúdos, além de investir em links patrocinados (Adwords, Facebook Ads).

 

Converter

Essa etapa é um complemento da anterior, já que a pessoa atingida precisa se transformar em lead para seguir no processo de compra.

Converter nada mais é do que ações parar gerar leads: a pessoa passa algumas informações em troca de algum benefício, que podem ser ofertas (tanto acesso a conteúdo aprofundado como ebooks, palestras e ferramentas, quanto demonstrações gratuitas, descontos e testes). Também é possível criar páginas com o objetivo específico de conversão (Landing Pages).

 

Dica: Como criar landing pages que convertem?

 

Relacionar

Nem todo mundo que chega até seu site tem a intenção de comprar no momento. Ações de relacionamento dão uma forcinha para que o lead perceba uma necessidade que seu negócio pode sanar, fazendo com que ele avance no processo de compra.

Algumas das ferramentas usadas: mídias sociais, e-mail marketing segmentado, automação de marketing e outras.

 

Vender

A geração e nutrição de leads buscam criar demanda e oportunidades de negócio para o seu empreendimento. Um lead qualificado, que já tenha uma predisposição a comprar, traz muito mais chances de concretizar a venda do que um lead “frio”.

Inbound Marketing: tudo que você precisa saber

O processo de Qualificação de Leads ajuda a identificar perfis mais suscetíveis a comprar e permite que a equipe de vendas faça uma ação diretamente com esse grupo. O processo de vendas pode ser realizado dentro do próprio site ou entre vendedor e cliente em potencial.

 

Analisar

Esse é o grande diferencial do Marketing Digital: analisar seus resultados com precisão. Comprovando resultados com fatos e podendo identificar pontos que podem ser modificados para trazer ainda mais resultados.

Ferramentas de WebAnalytics (Google Analytics) e RD Station são utilizadas nessa etapa final.

 

 

Conclusão

Optar por uma estratégia de Inbound Marketing é um investimento, e não um custo. Ele permite atingir novos clientes, diminuir gastos, tornar o seu negócio mais visível e otimizar o processo de vendas.

Não é à toa que todas as grandes empresas investem em Inbound Marketing. Felizmente, esse método pode ser adaptado e colocado em prática com sucesso em qualquer empresa. Aposte nessa solução e veja seu negócio se transformar!

 

[eBook] O Guia do Marketing no Facebook